Histórico
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 03/10/2004 a 09/10/2004
 26/09/2004 a 02/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 05/09/2004 a 11/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 08/08/2004 a 14/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004
 25/07/2004 a 31/07/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 04/07/2004 a 10/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004
 20/06/2004 a 26/06/2004
 13/06/2004 a 19/06/2004
 06/06/2004 a 12/06/2004
 30/05/2004 a 05/06/2004
 23/05/2004 a 29/05/2004
 16/05/2004 a 22/05/2004
 09/05/2004 a 15/05/2004
 02/05/2004 a 08/05/2004
 25/04/2004 a 01/05/2004
 18/04/2004 a 24/04/2004
 11/04/2004 a 17/04/2004
 04/04/2004 a 10/04/2004
 28/03/2004 a 03/04/2004
 21/03/2004 a 27/03/2004
 14/03/2004 a 20/03/2004
 07/03/2004 a 13/03/2004


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Mundo Digital (Blog)
 Inclusão Digital (Site)
 Acessibilidade Brasil
 InternETC (Blog)
 Querido Leitor! (Blog)
 Dilbert (Cartum)


 
Dígito
 
 blogdigito@yahoo.com.br
ciberleitor(es) online


tempertura(fahrenheit 9/11);

Não basta ser anti-americano, tem que ser nacionalista. Estréia no Brasil Fahrenheit 9/11 de Michael Moore. Longas filas no cinema para aplaudir a campanha cinematográfica Anti-Bush.

The End. Todos saem esbravejando contra o Tio Sam. Discutem, xingam, cerram as mãos ao alto. O entusiasmo não dura mais que meia hora. Fome Zero. Em seguida, estão lanchando no McDonalds com seus BigMacs, Coca-Colas e fritas. Pois, já se esqueceram do filme da semana passada, Super Size Me.

Somos todos docemente hipócritas. Vestimos verde-amarelo porque nossa seleção é pentacampeã. Mas, nosso céu já não é tão azul. Empalidece-se nublado e tóxico que mal vemos estrelas. Nossos bosques, matas e florestas já não tem flora nem fauna. Da madeira se fez papel. E do papel se fez dinheiro sujo. E Marijuana fez uma grande plantação regada a ouro branco e sangue. Nossa vida tem mais pesares, impostos e sobrecarga horária. E não temos mais tempo para enxergar nossa miséria...

Deixemos de promessas em palavras vazias. Os sonhos dormem enquanto não acordarmos. Vamos dar o primeiro passo e estender a mão...      



 Escrito por Dígito às 08h43 [ ] [ envie esta mensagem ]



float dinamite(inconst iraque);

Um homem-bomba caminha anonimamente. Pólvora no sangue e ferro nas mãos. Sente-se estrangeiro em sua terra natal. Perdeu familiares, amigos, paixões, cultura, história, identidade. Está perdido e sem rumo. Mas, já escolheu o seu destino. É outra explosão. Estilhaços de vidros e inocentes.

Eu também defenderia tudo na qual acredito com unhas, dentes e algumas dinamites. Por que nos fazem acreditar que o Ocidentalismo é a ordem e o padrão? Que o Capitalismo pode comprar(ou vender) tudo que nos falta?  Que o Catolicismo é a salvação?  Que a Verdade sopra do Oeste?

Quem foi que disse? Quem nos fez acreditar? Quem nos liberta enquanto nos escraviza? Quem nos lobotomiza? Quem nos vicia com ilusões e promessas?

O que ganhamos? Quanto perdemos? Não é preciso dizer. Está diante de nossos olhos. A cada segundo, em cada esquina, em cada lar, em cada um de nós.

O resto do mundo sempre foi uma colônia. E ainda acreditamos em País do Futuro, Crescimento Econômico, Fome Zero, Papai Noel e Duendes. Contudo, não foi preciso uma invasão militar e uma guerra tecnológica. Rendemo-nos voluntariamente. Globalmente antenados sob o controle remoto. Zap, zap, zap... 



 Escrito por Dígito às 08h03 [ ] [ envie esta mensagem ]



confessar(blog);

Confesso. Ontem, não tinha assunto para postar. Desperadamente, fiquei rondando sites, blogs, flogs e afins a procura de um tema. Nada. Nenhuma idéia brilhante. Nenhuma faísca entre os neurônios.

Assim, como hoje. Nada de extraordinariamente especial. Um dia qualquer como os outros. Literalmente, estamos no meio da semana. Passaram segunda e terça. Ainda faltam quinta e sexta. Mas, tudo bem. Sobreviveremos!

Como ia dizendo, não tinha nada a blogar. Por isso, sempre fico nesse blá, blá, blá. Brincando com as palavras como nos meus tempos de criança. Amontoando sílaba a sílaba. Edificando frases de efeito. Sugestionando com reticências... 

Perdoem-me. Não foi por mal este metapost. Tinha as palavras mas não sabia o que dizer. Tinha o silêncio mas não podia me calar. Tinha a Inspiração um sorriso alvo e sarcástico. Tinha uma página em branco... E a manchei com alguns caracteres...



 Escrito por Dígito às 07h54 [ ] [ envie esta mensagem ]



void noticia(int cotidiano);

Folheio um jornal eletrônico a cada clique. Vejo Veja. IstoÉ. Notícias de Época. Uma Carta Capital que faz um Exame do FMI. Info sobre juros, desemprego e números cheios de usura. Nada Superinteressante. Nem fofocas, nem Caprichos, nem Caras Novas. Apenas outro Playboy que capotou com suas 4Rodas. Um gol de Placar. Eita, Mundo Estranho.

Guerra nas Estrelas ainda não acabou. Tiros para o alto, no pé, no coração. Tiros em Columbine. Massacre em Unaí. Chacina na favela. Pobres morrem numa poça de lama sangrenta. Ricos são cremados. O destino é sempre o mesmo, viver não. Entreguemos nossas armas e o pescoço ao cutelo. E se faça o sacrifício.

A meterologia prevê resfriados, broncopneumonias e sinusites. Fahrenheit 9/11. O verão nas bermudas coloridas e camisetas estampadas. Os braços cruzados. As pernas inquietas. O sol ilumina o dia. A noite esfria. Um corpo se encolhe, dois se esquentam.

Fecho a janela. Mas o ar parado ainda congela. E não há Folha para queimar...



 Escrito por Dígito às 08h31 [ ] [ envie esta mensagem ]



paz(espírito);

Quando estamos em paz, não temos respostas muito menos interrogações. Apenas vivemos. Respiramos aliviados.

O mundo é o mesmo. Com intolerância, miséria e violência. Não há aonde fugir. Mas encontramos refúgio dentro de nós. Algo nos diz sobre boas novas. Ainda que sozinhos não estamos solitários. Nossa sombra se perde na multidão. Caminhamos lado a lado.

O silêncio já não nos assusta. Nem a noite fria e escura. Na cabeceira: um Livro, um copo d'água e algumas moedas...



 Escrito por Dígito às 08h25 [ ] [ envie esta mensagem ]