Histórico
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 03/10/2004 a 09/10/2004
 26/09/2004 a 02/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 05/09/2004 a 11/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 08/08/2004 a 14/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004
 25/07/2004 a 31/07/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 04/07/2004 a 10/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004
 20/06/2004 a 26/06/2004
 13/06/2004 a 19/06/2004
 06/06/2004 a 12/06/2004
 30/05/2004 a 05/06/2004
 23/05/2004 a 29/05/2004
 16/05/2004 a 22/05/2004
 09/05/2004 a 15/05/2004
 02/05/2004 a 08/05/2004
 25/04/2004 a 01/05/2004
 18/04/2004 a 24/04/2004
 11/04/2004 a 17/04/2004
 04/04/2004 a 10/04/2004
 28/03/2004 a 03/04/2004
 21/03/2004 a 27/03/2004
 14/03/2004 a 20/03/2004
 07/03/2004 a 13/03/2004


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Mundo Digital (Blog)
 Inclusão Digital (Site)
 Acessibilidade Brasil
 InternETC (Blog)
 Querido Leitor! (Blog)
 Dilbert (Cartum)


 
Dígito
 
 blogdigito@yahoo.com.br
ciberleitor(es) online


'tudo a partir de R$ 1,00'

Qual o valor real do seu dindin, cascalho, bufunfa?! O que você pode comprar com R$ 1,00? Em alguns lugares não se toma nem um cafezinho ou um copo de água.

Apesar da inflação e do salário mínimo (para não dizer miserável), as lojas de R$ 1,99 ainda (ou por isso) fazem muito sucesso. E reduziram ainda mais o preço. Como anunciam: 'tudo a partir de R$ 1,00'. É impressionante o movimento desses estabelecimentos. Da criança à vovó, ninguém sai de mãos vazias. Também, com tantos produtos importados (isto é, asiáticos) por uma pechincha. A concorrência difama que os produtos são de má qualidade. Mas, não é bem assim. Podem ser até de origem duvidosa, contudo 'garantido, né'.

E fica sempre a pergunta: qual o custo marginal do fabricante, transporte, impostos, tarifas alfandegárias, a margem de lucro do revendedor? Algumas moedinhas? Não sei. Não entendo nada de comércio exterior e a mágica do capitalismo. Porém, fico feliz que minha verdinha nacional ainda compra alguma coisa e não serve apenas de troco. 



 Escrito por Dígito às 07h55 [ ] [ envie esta mensagem ]



stress.day();

Sem almoço nem fôlego. Já não sei se estou com fome ou com sede. Um pouco de ar, por favor. Hã, só tem ar condicionado e café frio? Não, obrigado. Vou abrir a janela. Calma, não pensaram que eu iria me jogar?!

Todo o mês por um único dia. Dia de faturamento. Dia em que todos os números tem o seu valor. Dia de cifrões, saldos e balanços. Dia da mais valia.

Foi-se mais uma batalha. Mas a luta continua...



 Escrito por Dígito às 15h32 [ ] [ envie esta mensagem ]



corre.corre();

Hoje, estou no corre-corre. Volto mais tarde para postar. À todos, um ótimo dia.



 Escrito por Dígito às 07h11 [ ] [ envie esta mensagem ]



o iogurte azedou

O orkut azedou. Ficou sem graça. Para quem (ainda) não o conhece, minha opinião 'não fede nem cheira'.

Entusiasmei-me com o convite. Surpreendi-me com a degustação. A receita (proposta) é interessante. Mas depois, desandou. 

Há tantas comunidades quanto futilidades.  Há também os ilustres desconhecidos disputando os seus '15 bytes de fama'. E aqueles que 'forçam a amizade' para implementar mais um dígito no contador. Como uma obsessão de parecer um cara legal e conhecido (e amigo?!) por muita gente.

E o pior de tudo. Se o iogurte é feito de bactérias, o orkut se faz de spams. E como os brasileiros estão dominando (em número) o orkut pode-se prever no que ira´se tornar...



 Escrito por Dígito às 07h31 [ ] [ envie esta mensagem ]



comentario.pirou(erro sistema);

O blog está superfaturando os meus comentários. Num primeiro momento, fiquei surpreso. Ué, quanta gente passou por aqui?! Não era bem assim. Eu sei que posso contar minhas queridas e amigas comentaristas com um par de mãos.

O sistema de comentários enlouquece quando digita-se a palavra na imagem epilética. Tudo bem. Faz parte. E culpa-se o programador. Como sempre!



 Escrito por Dígito às 07h50 [ ] [ envie esta mensagem ]



finde(video, pipoca, cobertor);

Um fim de semana, caseiramente, perfeito. Um vídeo com uma boa história. Uma pipoca light. E um cobertor, porque nem mesmo abraçadinho o frio não sossega.

O filme foi bom. A pipoca estava cinematográfica. E o cobertor, guarda alguns segredos...



 Escrito por Dígito às 08h11 [ ] [ envie esta mensagem ]