Histórico
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 03/10/2004 a 09/10/2004
 26/09/2004 a 02/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 05/09/2004 a 11/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 08/08/2004 a 14/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004
 25/07/2004 a 31/07/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 04/07/2004 a 10/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004
 20/06/2004 a 26/06/2004
 13/06/2004 a 19/06/2004
 06/06/2004 a 12/06/2004
 30/05/2004 a 05/06/2004
 23/05/2004 a 29/05/2004
 16/05/2004 a 22/05/2004
 09/05/2004 a 15/05/2004
 02/05/2004 a 08/05/2004
 25/04/2004 a 01/05/2004
 18/04/2004 a 24/04/2004
 11/04/2004 a 17/04/2004
 04/04/2004 a 10/04/2004
 28/03/2004 a 03/04/2004
 21/03/2004 a 27/03/2004
 14/03/2004 a 20/03/2004
 07/03/2004 a 13/03/2004


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Mundo Digital (Blog)
 Inclusão Digital (Site)
 Acessibilidade Brasil
 InternETC (Blog)
 Querido Leitor! (Blog)
 Dilbert (Cartum)


 
Dígito
 
 blogdigito@yahoo.com.br
ciberleitor(es) online


vou-me embora pr'o blogspot();

Vou-me embora pr'o Blogspot
Lá sou amigo do Webmaster
Lá tenho o limite que quero
No endereço que escolherei
Vou-me embora pr'o Blogspot

Vou-me embora pr'o Blogspot
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é virtual
De tal modo digital
Que Memória o bug do Hardware
Dispositivo falsificado e defeituoso
Vem a ser pirateado
Com o Gadget que nunca tive

E como farei neologismos
Blogarei digito a digito
Montarei um template
Uploadarei imagens
Postarei no infomar!
E quando estiver desplugado
Deito nas bordas do wallpaper
Mando conectar a Matrix
Pra me contar os hoaxes
Que no tempo de eu newbie
Spammer
vinha me contar
Vou-me embora pr'o Blogspot

Em Blogspot tem tudo
É outro host
Tem um processo seguro
De impedir a invasão
Tem atualização automática
Tem espaço à vontade
Tem blogs amigos
Para a gente comentar

E quando eu estiver mais desconectado
Mais desconectado de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me conectar
- Lá sou amigo do Webmaster -
Lá tenho o limite que quero
No endereço que escolherei
Vou-me embora pr'o Blogspot

                              (Digito)

~oOo~

PessoALL, despeço-me do UOL Blog com minha paródia para o poema "Vou-me embora pra Pasárgada" de Manuel Bandeira. Estou de mudança. Quando algo termina, é hora de recomeçar. Não fecharei este diário. Porque, o primeiro a gente nunca esquece. A própria internet o empeirará com zilhões de bytes. E enquanto reformo a nova casa. Anotem meu novo endereço: http://digito.blogspot.com. Aguardo vocês!



 Escrito por Dígito às 08h27 [ ] [ envie esta mensagem ]



disk.full();

Estou no limite. Quer dizer, o blog está no máximo de sua capacidade. Preciso economizar palavras. Cada letra é um byte a menos.

Ainda não sei aonde ir. Outra hospedagem? Ou uma nova conta?

Se me mudar, aviso. Se me calar, foi por falta de espaço...



 Escrito por Dígito às 08h13 [ ] [ envie esta mensagem ]



backspace.day(ontem);

Ontem foi um dia longo e uma noite curta. Isto é, laborarialmente falando. Não tenho visto o tempo passar. Só me lembro da hora que entro na empresa e me esqueço das horas-extras.

E outubro passou. Há um outro feriado semana que vem. E até lá, que nos dia de finados  eu ainda esteja vivo... 



 Escrito por Dígito às 08h08 [ ] [ envie esta mensagem ]



feng.shui();

Feng shui. Vento e água. A chuva bate na janela. A ventania assobia pela casa.

Fico feliz em dias tristes assim. Embaixo das cobertas, um bom livro ou uma boa companhia... 



 Escrito por Dígito às 08h00 [ ] [ envie esta mensagem ]



segunda.feira(mau humor);

Sábado passou. Domingo passou. Mas a segunda-feira continua... Seria mais uma paródia drummondiana se não fosse uma ironia sarcástica.

A maldição das segundonas, em tese, decorrem dos finais de semana. Bons ou ruins. Se fói fantástico, por que não dura um pouco mais? Se foi apenas assistir o Fantástico num Domingo Legal em Pânico, então, por que não passa logo o dia?

Acreditamos que um final de semana full suite possui a seguinte configuração: sábado(acordar tarde, descanso, passeio, cineminha, balada) e domingo (churrasco ou macarronada da mamãe, livro, vídeo, tv). E quando ocorre um blue screen, queremos um boot no sistema. Só que nesses casos, não existe suporte num 0800.

Então, é outra segunda-feira e uma semana inteira pela frente... 



 Escrito por Dígito às 08h29 [ ] [ envie esta mensagem ]



sexta.frieira();

A sexta-feira ainda nem acordou. Nublada e sonolenta. O sol se encoberta atrás de nuvens aveludadas. Alguns chegarão ao trabalho a contragosto pela força do hábito. Outros se atrasarão, mas com o bocejo de uma desculpa perfeita.



 Escrito por Dígito às 08h27 [ ] [ envie esta mensagem ]



quinta.feira();

Sem eira nem beira nesta quinta.feira para blogar. Não irei reclamar da vida nem questionar o mundo. Porque não temos as respostas e as perguntas são muitas. Perdemo-nos nos labirintos do coração e jogaram as chaves fora. E tentei gritar, mas todos passavam cegos, surdos e mudos. 



 Escrito por Dígito às 08h27 [ ] [ envie esta mensagem ]



musica.ambiente(casa);

Ouvir música tem sido meu massageador para os nervos e neurônios. O trabalho tem consumido minhas retinas e minhas proteínas.

E quando chego em casa, as letras de um livro qualquer me parecem insuportáveis e soníferas. Deito, entretanto não consigo dormir. Ainda estou eletrizado. Os pés no chão gelado não descarregam minhas tensões. Tomaria um calmante, se eu gostasse de emplastos comprimidos.

Sairia um pouco de casa. Mas, como? Engarrafamento apocalíptico nas ruas e o medo em cada esquina. Então, tranco a porta e abro as janelas gradeadas. Convido uma brisa noturna para entrar. E ouço uma canção. Música natural em dolby-sound. O farfalhar das folhas e o andar das águas encontram-se no meu equilíbrio...



 Escrito por Dígito às 07h54 [ ] [ envie esta mensagem ]



sem.tempo();

O mundo gira cada vez mais rápido e compiicado. Explica-se o tempo por sua relatividade, mas também por seu imperioso autoritarismo capitalista. Somos pressionados a fazer mais por menos. Maximização dos lucros e minimização dos custos. E nessa roleta-russa vão-se os empregos, os salários, a saúde...



 Escrito por Dígito às 09h44 [ ] [ envie esta mensagem ]



bsb.renasce();

Brasília sem umidade é uma cidade morta. De grama inflamável, árvores retorcidas e broncopneumonias.

A chuva transforma. Leva a poeira. Lava as calçadas. Os prédios continuam cinzentos mas estendem-se tapetes em verde-mar. As cigarras cantam alegres e um passarinho respira fundo.

Brasília aflora de sua casca seca. É primavera outra vez, é outra semana...



 Escrito por Dígito às 09h15 [ ] [ envie esta mensagem ]



dia.professor(parabens);

Quem primeiro nos ensinou abecedário? E guiou nossas pequeninas mãos naquelas inseguras folhas em branco? Quem foi que nossa segunda mãe, mas que chamávamos simplesmente de tia?

Lembro-me do primário com uma saudade inocente. Das letras que formavam palavras e das cores que desenhavam o céu e o arco-íris. Da mochila grande e dos cadernos miúdos. Da lancheira e as brincadeiras no recreio. Do dever de casa e do silêncio na aula. Das provas e dos boletins.

Sei que muitos já se foram ou nos esqueceram. Pudera, incontáveis foram aqueles que passaram por suas fileiras. E talvez não saibam a importância que tiveram em nossas vidas...



 Escrito por Dígito às 09h27 [ ] [ envie esta mensagem ]



semana(sexta.feira);

O melhor da semana é a sexta-feira. Ou um feriado emendado.



 Escrito por Dígito às 09h20 [ ] [ envie esta mensagem ]



brasil(pais do futuro);

Se "o melhor do Brasil é o brasileiro", o pior, são os políticos. Se o melhor da eleição é o votação eletrônica, o pior, são os eleitores, a venda de votos e a sujeira nas ruas.

Dizem que o brasileiro sofre de baixa-estima. Antes, sofre com a miséria, a fome, a seca, a ignorância, o analfabetismo, a criminalidade, o medo, a malária, a dengue, a febre amarela, branca, mulata, preta...

O brasileiro mais que um sofredor é um sonhador. E acredita em promessas e discursos. As minorias acreditam que o "Brasil é um país de todos". Os famintos saciam suas ilusões com o "Fome Zero". E a população segue sua vidinha a espera do "Milagre do Crescimento" de um bolo recheado de mentiras.

Não se enganem. O melhor do Brasil são os juros!



 Escrito por Dígito às 08h25 [ ] [ envie esta mensagem ]



backspace(home, work, script);

De volta ao nosso admirável mundo novo, porque "a vida não é hollywood".

Ótimo começar a semana pelo meio. Pois, já passaram a segunda-mal-humorada e a terça-aborrecida. É quarta-feira, e ainda estou me readaptando à vida selvagem do capitalismo.

O corpo cansado com alguns arranhões e picadas de mosquito. A cabeça tranquila. A mente vazia...



 Escrito por Dígito às 08h59 [ ] [ envie esta mensagem ]



saco.cheio(pé na estrada);

Tô de saco cheio. Tô eSTRESSado. Ainda bem que pego a estrada antes do sol se por.

Tô cansado da rotina, do trabalho, do chefe. Preciso me desligar um pouco.

E para os que ficam e para os que vão, um ótimo feriadão. 



 Escrito por Dígito às 08h28 [ ] [ envie esta mensagem ]